Somos aquilo que nos pertence ... um olhar no património ... um olhar em nós próprios!

.Inicio

Criámos um blog no âmbito do concurso das “Cidades Criativas”. Aprendemos a trabalhar com ele, fizemos recolha informativa, marcámos entrevistas e assentámos várias ideias, que poderão tornar este trabalho num autêntico mistério para todos nós. Assinámos um contrato com o imprevisto. A investigação, certamente, trará aspectos positivos e negativos. Esperamos, com certeza, ganhar, mas o mais importante é que aceite o nosso convite: Venha Conhecer a Amadora!

.Apresentação

Olá, nós somos alunos da escola Secundária Seomara da Costa Primo, situada na Amadora. Somos da turma 3 do 12º ano e estamos a participar no concurso "Cidades Criativas". O nosso trabalho tem como tema "Um olhar no património" e vamos abordar o valor patrimonial Histórico e Arqueológico da cidade da Amadora. Os elementos do grupo são: o António Valdez, o Jorge Costa, a Marlene Lopes, o Gabriel Zsurkis e o Leibonísio Landim. O professor apoiante do nosso trabalho é o nosso professor de Área Projecto, o Professor Alfredo Garcia.

.OLHE!!

.Relogio

.Rádio Patrimonio - A nossa Rádio

Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

Aqueduto das Águas Livres / Aqueduto Romano

  O Aqueduto das Águas livres foi mandado construir no século XVIII (em 1731) por decreto de D. João V. Esta obra veio a terminar por meados do século XIX.

  O Aqueduto das Águas Livres tinha como principal função abastecer a cidade de Lisboa com água. A sua extensão é de 14 km, sendo que, 8 km atravessam o conselho da Amadora. A sua extensão tem inicio nas Mães d'Água (situada na freguesia de São Brás - Amadora).

  O aqueduto possui uma arquitectura barroca e neoclássica.

  O Aqueduto Romano tem origem na Barragem Romana (Município de Sintra). Pensa-se que tinha como função abastecer Olisipo (Lisboa Romana).  A primeira referência a este aqueduto existente é uma carta dirigida a D. Sebastião. No entanto pouco sabe-se deste aqueduto a não ser a influencia que este teve na construção do trajecto do Aqueduto das Águas Livres.

Veja a nossa reportagem!

 

publicado por GRUPO DO PATRIMÓNIO às 15:20
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Suzana Rute Santos a 29 de Abril de 2008 às 15:48
Os meus francos parabéns, primeiro pela frase de apresentação e segundo pela pesquisa.
Eu própria fui aluna da vossa escola em 1992 e hoje sou Arqueóloga, por isso sinto alguma legitimidade para vos dizer que é realmente importante divulgar o que AINDA existe de património na Amadora. Já percebi que conhecem o Museu Municipal e espero igualmente que conheçam os trabalhos exaustivos dos seus técnicos, que na maior parte dos casos, têm muito pouco reconhecimento dos munícipes em geral. Infelizmente testemunho que muito desse património, seja arqueológico ou patrimonial é, e muito em particular no concelho da Amadora, apenas "registo científico", ou seja virou papel engavetado nos arquivos do IGESPAR e nas publicações que ainda é possível fazer.
A minha mensagem para vós é simples... se somos aquilo que nos pertence... somos também o resultado da memória colectiva que nos identifica, na sua diversidade e na sua integridade. Só podemos preservar o que conhecemos, e se hoje conhecemos e logo esquecemos, somos gente sem memória, logo sem identidade...
Felicidades e bom trabalho.
Suzana Santos.
De tatiana david a 26 de Setembro de 2008 às 13:16
o sait esta muito fixe

Comentar post

.pesquisar

 

.posts recentes

. Momentos da festa C.C.C.

. Grupo foi à festa do C.C....

. Fotos do dia da Apresenta...

. Alunos criam clube motiva...

. Visita guiada ao Patrimón...

. Filme projectado na nossa...

. Relatório Final

. Equipa de Apoio às EscoIa...

. A nossa apresentação públ...

. Empenho do grupo elogiado...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

."Olhe" para nós!

Fotos dos elementos do grupo - "Um olhar sobre o Património"

.VENHA CONVERSAR CONNOSCO ...